Arquivos
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Bortolotto
 Márcio Américo
 Célia Mussili
 Gibizada
 Márcia
 Lielson
 Blues Masters
 Selton
 Pedrão
 Pedrita
 Caraminholas
 Ana Paula
 Wolf Attack
 Benett
 Leo Lama
 Zéu Britto
 R. L Burnside's
 Maga
  Revista Lasanha
 Revista Blues e Jazz
 Blues4Fun




Blues Writer
 


Uma do Benett



Escrito por fernandobluesborghi às 19h41
[] [envie esta mensagem
]





A Dama Da Àgua Do Rock Brazuca

Ultimamente ouvir um novo trabalho da Rita Lee e gostar,
é o mesmo que comer Alface e arrotar Caviar: Impossível!
Ela bem que tenta. Puxa daqui, estica dali, se esforça de
lá, mas suas composições cada vez mais parecem ser indicadas
apenas para aqueles que se contentam em usar algumas gotinhas
de adoçantes para dar um gostinho superficial à vida.
Digo isso, porque sempre gostei do trabalho da velha e desbocada
Ritona, que além de ter composto mais de uma dúzia de clássicos do
Rock Nacional, sempre foi um exemplo de mulher avante de seu tempo,
e como tal, deveria saber que quando o instinto comercial começa a
exigir rimas tão significativas quanto abacaxi com xixi e cobertor
com amor, é melhor tirar o time de campo, porque a tendência é que
com o tempo a torcida que sempre lhe foi fiel, comece a vaiar e jogar
saquinhos cheios de mijo no palco.
Simplesmente dá nos nervos vê-la caindo de braços abertos numa mesmice
digna da leva rococó de programas de auditório da atual programação
da Mtv Brasileira. Minha eterna “Lovely Rita”, não precisa disso.
Conhecendo sua capacidade criativa, juntamente com sua longa contribuição
devidamente registrada nos Anais do Rock’Roll Brasilis, dá vontade de ser
surdo ao ouvir suas composições dessa
(como diria um amigo meu), sua nova e ridícula fase “Rita pagando as contas”.
Não gosto de escrever mal de quem admiro, e justamente por isso
(você já deve ter percebido), estou tentando arranjar mil e uma fórmulas
para não falar mal do trampo dela, afinal como é mesmo aquela frase:
“Quem ama o feio bonito lhe parece!” É isso mesmo? Ou estou feito a Rita,
enganado!
Outro que eu também não gostaria de colocar no meio desse bolo de noiva,
que é a mediocridade, mas não consigo, é o M. Night Shyamalan, o diretor do terrível
A Dama Da Água.
Falar bem desse novo filme dele seria o mesmo que afirmar que feiúra não é crime.
Digo isso, porque além de conhecer o trabalho desse gênio que cometeu maravilhas
com A Vila e Corpo Fechado, confesso que  tinha criado uma expectativa tão grande
para A Dama Da Água, que por mais de uma vez tive vontade de parar o filme no meio,
só não o fiz por que a cerveja já havia chegado ao fim, caso contrário, com
certeza teria terminado a noite bebericando solitário na varanda.
Fiquei ainda mais puto, porque criei toda uma expectativa a partir de suas fotos
de divulgação que por mais de uma vez me transmitiam um clima tão legal de tensão,
suspense e mistério que infelizmente não existem no filme.
Alguém pode se levantar, e no meio do nada  me dizer que estou sendo muito cético
com o trabalho do cara, que na verdade esse filme é apenas e tão somente um conto
fantástico, uma estória pra boi dormir (ou melhor, pro filho dele dormir), uma mera
fábula, com direito a macacos, águias e todos os elementos que compõe esse metier.
Olha, para resumir a conversa, para ser sincero, e sem rodeios feito um boi no rolete.
Infelizmente, sou da época em que Roqueiro Brasileiro tinha cara de bandido,
e mesmo tentando me esforçar ao máximo, confesso que a decepção de ter assistido
A Dama da Água foi algo tão ou mais broxante que ver a performance da Rita Lee
abrindo pros Stones no Parque Antártica em mil novecentos e perdi a conta.
E olha que naquela ocasião ÀGUA foi o que não faltou no show dela.

http://adorocinema.cidadeinternet.com.br/filmes/dama-na-agua/dama-na-agua.asp



Escrito por fernandobluesborghi às 18h25
[] [envie esta mensagem
]





Hairspray

Não senhoras e senhoras, vocês não estão vendo coisas.
É ele mesmo, John Travolta.
Ele e  Michelle Pfeiffer estarão juntos em breve nas
telonas na comédia musical "Hairspray". O filme será
lançado no próximo dia 20 nos Estados Unidos e tem
estréia prevista para 28 de setembro nos cinemas do Brasil.
O longa não passaria de apenas mais uma produção e um
simples musical, não fosse a aparição inusitada do astro de
"Os Embalos de Sábado à Noite",levemente balofo(a).....



Escrito por fernandobluesborghi às 08h58
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]