Arquivos
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Bortolotto
 Márcio Américo
 Célia Mussili
 Gibizada
 Márcia
 Lielson
 Blues Masters
 Selton
 Pedrão
 Pedrita
 Caraminholas
 Ana Paula
 Wolf Attack
 Benett
 Leo Lama
 Zéu Britto
 R. L Burnside's
 Maga
  Revista Lasanha
 Revista Blues e Jazz
 Blues4Fun




Blues Writer
 


Rssssssssss



Escrito por fernandobluesborghi às 20h07
[] [envie esta mensagem
]





Será Que O Nelson Piquet Tem Sogra?


Na dúvida a culpa é de quem não está presente! Durante anos tive
plena convicção de que essa afirmação não passava de uma frase de efeito,
um lembretinho sem função, uma simples parábola dignificante. Mas a duras
penas acabei descobrindo que assim como ainda existem pessoas que doam
sangue, existem aqueles que na sua ausência possuem a cara de pau de
satisfazer seus cinco sentidos tomando medidas provisórias (feito a CPMF),
te culpando por algo que você não faz a mínima idéia do que se trata.
Parece que não, mas estou falando da minha sogra. É óbvio que de vaia
e sogra ninguém gosta, mas deveria haver uma certidão com firma
reconhecida em cartório legitimando essa atitude para que sob hipótese
nenhuma as futuras gerações duvidassem de nossa raiva pessoal para com
esse parente ingrato e cruel.
Eu sei que cada um dá o que tem de melhor, mas foi graças à língua afiada
de meu filho (que cada dia que passa mais se parece com sua avó), que
tomei conhecimento que minha digníssima sogra, numa reunião familiar
ultra-secreta (regada a bolinhos de chuva e chá mate-leão), teve a
capacidade de afirmar aos quatro ventos que ao pegar carona comigo, teve
a experiência mais horripilante de toda sua vida. Afirmou de cara lavada
que eu não possuía as menores condições de dirigir um automóvel em meio à
civilização, que eu sequer obedecia as mais básicas leis do trânsito.
Não satisfeita em me difamar, a cobra ainda teve a capacidade de dizer
que se o Brasil fosse realmente um país sério, eu assim como o Nelson Piquet
teria minha carteira de motorista caçada por excesso de velocidade.
Quer dizer, fui tentar fazer uma moral com a progenitora de minha esposa
e o que ganhei como prêmio? Uma facada pelas costas! E o que é pior, além
da praga ser uma traíra de marca maior, não sabe nem mentir. Onde já se viu
afirmar que eu estava dirigindo a mais de duzentos por hora em pleno horário
do Rush. Quem me conhece sabe que além de ser um motorista atento, há anos
não costumo mais freqüentar esse amaldiçoado horário, e além do mais, a última
vez que minha pobre Brasília excedeu a velocidade e passou dos oitenta
quilômetros por hora, estava sobre o caminhão da concessionária que administra
o pedágio, sendo gentilmente rebocada para a oficina mecânica mais próxima.




Escrito por fernandobluesborghi às 19h19
[] [envie esta mensagem
]





Uma Imagem Vale Mais Que Mil Palavras

Já Não Fazem Mais Diabos Como Antigamente

E depois Dizem Que O Diabo É O Pai do Rock! Tsk...Tsk..Tsk... Pobre Diabo



Escrito por fernandobluesborghi às 12h39
[] [envie esta mensagem
]





Puta Sacanagem

É lógico que cada um tem o direito de fazer com sua vida
o que bem entender. Mas acho que pro cidadão chegar ao
nível de apelar para o suicídio,além de  muita coragem é
preciso no mínimo ter sorte....muita sorte!

Admiro o trabalho do Owen Wilson não é de hoje
e sabe-se lá o que passa na cabeça do cidadão
para chegar ao nível de tentar suicidar-se....


Starsky & Hutch é um dos meus filmes preferidos do cara.
Apesar de todo mundo descer a lenha nessa adaptação
do antigo seriado, eu gostei pra  caramba...

E como desgraça pouca é bobagem. Leia mais sobre o assunto:

http://www.estadao.com.br/arteelazer/not_art42300,0.htm

http://cinema.uol.com.br/ultnot/2007/08/27/ult4332u392.jhtm



Escrito por fernandobluesborghi às 12h38
[] [envie esta mensagem
]





Pensador Anônimo

Trace o futuro, mas trace-o a lápis......



Escrito por fernandobluesborghi às 19h49
[] [envie esta mensagem
]





Versão Brasileira A.I.C  São Paulo

Todos possuem opiniões formadas a respeito de tudo. É óbvio que
nem todo mundo faz questão de expressar a sua, até porque se o
fizesse passaria uma tremenda vergonha. Já pensou alguém admitir
em público que leu o novo romance do José Sarney? E o que é pior,
gostou!
Mas gosto é gosto e quem sou eu além de um reles sem vergonha por
necessidade e convicção, para fazer qualquer tipo de invocação
sobrenatural para tentar desvendar o mistério que permeia o gosto
de cada individuo.
Diria até que faço parte de uma ONG inexistente, onde a lei é tão
flexível ao ponto de ter como símbolo uma colher e um garfo. E não
me venha duvidar do bom gosto estético desse símbolo não! O símbolo
comunista é a foice e o martelo e nunca ninguém sequer questionou a
chinfrinisse daquela nhaca.
Dei essa volta enorme ao redor do umbigo, apenas e tão somente para
confessar de peito aberto que faço parte de uma imensa maioria de
Brasileiros que gosta de filmes dublados. Epa! Mas auto lá, antes que
alguém encomende a visita de um Homem Bomba a minha casa, gostaria de
deixar bem claro que não me encaixo na categoria daqueles que tem
preguiça de assistir a filmes legendados, muito pelo contrário. Eu só
gosto de filme dublado se o mesmo for Japonês.
Não me agüento ao ver o esforço que nossos dubladores têm em colocar
palavras na boca dos Japas, e mesmo assim com muito esforço e horas
e horas de ralação, quase nunca dar certo. É incrível, parece que nossos
irmãos Asiáticos possuem uma adrenalina fora do comum ao dialogarem, e
além de quase nunca fazerem movimentos horizontais com a cabeça (mesmo
quando dizem não, retrucam alguém em desaprovação ou discordam de algo,
sempre o fazem com movimentos verticais com a cabeça), tem certos diálogos
que mesmo com muito esforço da parte dos dubladores tupiniquins, ainda
assim é possível notar a Japaiada movimentando seus lábios fora de sincronia,
e acredito que em paises tão ou mais exótico que o nosso feito a Hungria,
Alemanha ou África do Sul, a dublagem fique bem mais tosca que por essas
bandas.
Quem é que não possue um pequeno sonho de consumo? Mente aquele que diz não
possuí-lo, não admite ou algo que o valha. Confesso que o meu não é nem
maior nem menor do que o da imensa maioria de sonhadores inveterados, diria
até que o meu sonho é tão ou mais delicado que um golpe de direita do velho
e bom Toshiro Mifune.  Simplesmente tenho uma vontade tremenda de assistir
a um filme do Bruce Lee com dublagem Árabe, deve ser uma experiência no
mínimo curiosa.



Escrito por fernandobluesborghi às 14h27
[] [envie esta mensagem
]





André Dahmer



Escrito por fernandobluesborghi às 14h12
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]